Bolsonaro é acusado de empregar servidora fantasma que vende açaí

165 views

bolsonaro

A coluna Poder da Folha de São Paulo traz hoje (11) uma matéria em que afirma que Bolsonaro emprega uma servidora fantasma que vende açaí. Segundo a publicação, o presidenciável usa verba da Câmara dos Deputados para empregar a mulher, que seria sua vizinha em um distrito a 50km do centro de Angra dos Reis (RJ).

Segundo moradores da região, Wal, como é conhecida, também presta serviços particulares na casa de Bolsonaro, mas tem como principal atividade um comércio, chamado “Wal Açaí”.

O deputado federal mora na Barra Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, e tem desde o final dos anos 90 uma casa de veraneio em Mambucaba.

De acordo com a Folha, Bolsonaro foi ouvido e negou a acusação. Questionado sobre as diversas movimentações salariais que fez para Walderice ao longo dos quase 15 anos de trabalho prestado, ele afirmou: “O que de vez em quando acontece: um funcionário é demitido. Aquela verba que “sobra” então a gente destina para um [outro] funcionário, por pouquíssimo tempo. Tem uma verba fixa para pagar funcionários. Ganha tão pouco, por que não posso dar uma ajuda por dois, três meses?. Em vez de pagar R$ 1.300, paga R$ 1.500 ou R$ 2.000?.

 

Por Thyara Araujo

Print Friendly