Robério e Agnelo são condenados por improbidade administrativa

200 views

roberio-agnelo

Os prefeitos de Eunápolis e Santa Cruz Cabrália, afastados por conta da operação “Fraternos” da Polícia Federal deflagrada no dia 7 de novembro de 2017; Robério Oliveira e seu cunhado Agnelo Santos, foram condenados por improbidade administrativa por uma ação movida pelo MPE em 2007, na primeira administração de Robério em Eunápolis.

A decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Eunápolis, Roberto Costa de Freitas Junior foi publicada nesta terça-feira (06), e cabe recurso.

Em 2007 Agnelo era secretário de Finanças da prefeitura de Eunápolis.

De acordo com a ação, os dois remanejaram ilegalmente verbas orçamentárias, sem autorização do Legislativo.

O juiz decidiu ainda o afastamento dos cargos e suspendeu os direitos políticos dos dois condenados pelo tempo de 5 anos, além de pagamento de multa correspondente à 10 vezes o salário de prefeito do município de Eunápolis.

Print Friendly