Rui: DEM lançou candidatura de Maia ‘mais para marcar posição’

198 views

rui-costa

Além de não dar muita importância à pré-candidatura do presidente da Câmara dos Deputados, o governador minimizou presença de
aliados de PP e PR à convenção do Democratas nesta quinta-feira.

O governador Rui Costa (PT) minimizou a presença de aliados na convenção nacional do Democratas, que lançou nesta quinta-feira
(8) a pré-candidatura do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao Planalto e oficializou seu adversário ACM
Neto como presidente nacional da legenda.

Segundo Rui, a presença de seu aliado José Rocha, líder do PR na Câmara dos Deputados, se deu mais por cordialidade política do
que por um planejamento para as eleições deste ano. Rocha chegou a dizer, contudo, que o seu partido “vê com muita simpatia” a
candidatura de Maia.

“Nacionalmente, se o Lula for candidato, o PP vai apoiar e o PR também. Então não é o momento de fazer análise sobre esses atos, que
são muito mais da cordialidade da política do que do efetivo planejamento de cada força política”, afirmou o governador.

Rui disse ainda que a oficialização da candidatura de Maia seria muito mais para “marcar posição” do que algo concreto. Para o
petista, os nomes ainda não estão definidos, e ainda haverá muita especulação antes de se saber quem serão os reais candidatos à
presidência da República.

“O rio sempre corre numa única direção pro mar. Nós vamos acompanhar o curso da direção pra ver. Primeiro quem vai ser candidato
mesmo. Há o momento que todos, de forma legítima, estão colocando seus nomes, muito mais para marcar posição no cenário
nacional. Só saberemos quem é candidato mesmo em maio e junho, quando as coisas se definirão, até lá é muito jogo de
confraternização partidária”, analisou.

Rui esquivou sobre possível desistência de ACM Neto de ser candidato ao governo da Bahia, por causa de suas atribuições no
comando nacional do DEM.

“Não faço leitura nenhuma. Cabe a ele, tem que perguntar a ele o que tem que fazer. Eu não falo sobre organização de time adversário
e do que pensam outras pessoas. Isso aí cabe a ele responder”.

 

*Por Fernando Valverde / Romulo Faro / bahia.ba

Print Friendly