Barra-1

‘Dinheiro estava no bolso, não na calcinha’, diz doleira

doleira

A doleira Nelma Kodama negou nesta terça-feira aos deputados da CPI da Petrobras que carregava 200.000 dólares em sua calcinha quando foi presa pela Polícia Federal. “Quero deixar claro que o dinheiro não estava escondido na calcinha”, afirmou Nelma, durante depoimento em Curitiba (PR). “Como no passado prenderam uma pessoa com dinheiro na cueca, resolveram achar uma mulher com dinheiro na calcinha. O dinheiro estava em envelopes aqui nos bolsos de trás da calça”, explicou, levantando-se e virando de costas no auditório da Justiça Federal no Paraná. Mais magra e com cabelo raspado, Nelma afirmou também que era amante de seu comparsa no esquema, o doleiro Alberto Youssef, um dos pivôs do petrolão. O affair durou nove anos, de 2000 a 2009, segundo ela. Os dois estão presos na carceragem da Polícia Federal na capital paranaense, mas separados nas alas feminina e masculina. Para explicar a relação, Nelma cantarolou versos da música Amada Amante, sucesso de Roberto Carlos nos anos 1970.
Fonte: Por (Alexandre Hisayasu, de Curitiba)

Compartilhar Página
“Até aqui nos ajudou o Senhor.” ( I Samuel 7:12 )
Login | ******* © Copyright - 2010 / 2015 - Jornal Isto É Notícia - Rádio Web É - TV Web É - Guia Turismo Brasil - Empresas do Grupo - RedeWeb de Comunicações Ltda. ******* Tel. (73) 9988-3311 / WhatsApp 9838-1000 --- Canavieiras-Bahia --- Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização.