Mentor de Lucas Chumbo, Burle vibra com o prêmio do pupilo: “Foi histórico”

124 views

lucas

Emocionado com o feito, treinador do jovem de Saquarema ressalta a dificuldade para um brasileiro conseguir faturar uma premiação no Oscar de Ondas Gigantes da WSL.

Se houve alguém que vibrou efusivamente com os prêmios dos brasileiros Lucas Chumbo e Rodrigo Koxa no WSL Big Wave Awards, o Oscar das Ondas Gigantes, essa pessoa foi Carlos Burle. Além de ser um dos principais precursores da entrada do Brasil no circuito de ondas grandes, o veterano é o treinador do jovem de Saquarema desde o ano passado. Feliz com o feito do pupilo Lucas Chumbo, Burle acompanhou a premiação em Santa Monica, na Califórnia, comentando o feito após a divulgação dos vencedores.

Foi histórico, porque a gente sabe o quanto é difícil para a gente, mas ao mesmo tempo motivador, porque esses obstáculos são oportunidades. Então chega uma hora que a barreira rompe e você vai lá e ganha, porque não tem mais como os caras não darem para você. E aí o gosto da vitória é muito maior – disse Burle.

Emergente no surfe de ondas gigantes, o Brasil teve três surfistas indicados ao WSL Big Wave Awards deste ano. Além de Chumbo e Koxa, Maya Gabeira concorreu como Melhor Performance Feminina, ficando em terceiro – a vencedora foi a havaiana Paige Alms.

Ganhador da categoria Melhor Performance Masculina, Lucas Chumbo não cabia dentro de si após levantar o troféu em Santa Monica.

Depois de um ano esperando esse dia, esse momento finalmente chegou. Ano passado eu bati na trave, fiquei em segundo no Best Performance of the Year e esse ano foi diferente. A gente trabalhou mais, treinou mais e se colocou a ponto de tudo dar certo. Hoje a gente está aqui comemorando um título que, graças a Deus, foi para o nosso Brasil, e que é muito especial para mim e para todos que fizeram parte dele – comentou.

Print Friendly