Desembargadores pedem vista e julgamento de prefeito e vice é adiado no TRE

4210 views

almeida-tre

Não foi ainda dessa vez que o prefeito de Canavieiras, Clóvis Roberto Almeida de Souza, e seu vice, Carlos Alberto Medrado Filho, foram afastados dos respectivos cargos por crime eleitoral. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não concluiu, nesta segunda-feira (11), o julgamento de agravo interposto pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) que pede anulação do mandato e o afastamento dos mesmos.

O julgamento não foi concluído, pois todos os desembargadores pediram vísta do processo. Segundo os advogados, o pedido de vista feito pelos desembargadores, se deu por conta de diversas inconsistências nas provas apresentadas pelos acusados.

No mercado político, comenta-se que se o colegiado decidir em favor do pedido de agravo interposto pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), o prefeito e seu vice, serão afastados do cargo e quem assume a prefeitura é o presidente da Câmara, que permanecerá na função até que o TSE aprecie o caso e determine o retorno do prefeito ou a realização de novas eleições no município.

Como o TRE não segue prazo regimental, caberá aos próprios desembargadores definirem a próxima data de julgamento.

Print Friendly