Em meio a denúncias, PTB apoiará Alckmin

4321 views

alkimin

As convenções partidárias começam amanhã, mas duas das siglas com bancadas significativas já anteciparam a aliança. O PSDB anunciou que o PTB apoiará a candidatura de Geraldo Alckmin para a Presidência da República. O apoio tira de jogo uma das legendas que poderiam inflar o tempo de propaganda eleitoral de outros políticos.

O anúncio foi feito pelo próprio Alckmin durante coletiva no Fórum de Mobilidade, em Brasília. De acordo com ele, a decisão foi foi “unânime” e deve ser confirmada na convenção da sigla marcada para o dia 28 de julho.

A cúpula do PTB é alvo de investigação pela Polícia Federal por suspeita de esquema de fraude na concessão de registros sindicais pelo Ministério do Trabalho. O presidente, Roberto Jefferson, chegou a indicar o nome de sua filha, Cristiane Brasil, para ocupar o comando da pasta. No entanto, a posse foi impedida por decião judicial, devido ao fato de a parlamentar já ter sido condenada por irregularidade trabalhista. Os endereços de pai e filha foram alvos de busca e apreensão na operação da PF.

A segunda indicação do PTB ao ministério, Helton Yomura, acabou em outra polêmica. Ele foi afastado do cargo pela Justiça, por suspeita de envolvimento na fraude das concessões.
Questionado sobre possível negociação de nomeação do PTB nas pastas, Alckmin disse que “em nenhum momento ninguém tocou no assunto sobre espaço governamental”.

O PTB abarca a base aliada do MDB no Congresso Nacional. O candidato emedebista é o ex-ministro da Fazenda de Michel Temer, Henrique Meirelles. O político, que também participou do Fórum em Brasília, não confirma coligações fechadas e defende que trata-se de uma situação geral. “Não existe um grande número de alianças já concretizadas”, disse, após afirmar que já possui “vasta maioria” dos votos do partido pela sua candidatura.

Negociações
Na definição das coligações, os partidos analisam dois fatores: pesquisas de intenção de voto e a ampliação do tempo de propaganda eleitoral. O principal critério na definição do espaço de cada partido no rádio e TV é a bancada recentemente eleita no Congresso Nacional.

Definição significativa deve vir por parte do PSB. O partido está dividido entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Ciro Gomes (PDT). A sigla pode definir um apoio nacional, ou deixar cada região decidir por si. Considerado o segundo nome mais forte, Jair Bolsonaro (PLS) tem tentado o apoio do PR. General Heleno (PRP) rejeitou ser vice.

Print Friendly