Toffoli assume presidência do STF com discurso de pacificação

2884 views

teof

O ministro Dias Toffoli é o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). A cerimônia de posse começou no fim da tarde desta quinta-feira, e teve a participação de cerca de mil convidados. Seu mandato e do vice, ministro Luiz Fux, será de dois anos.

A cerimonia posse, nesta quinta-feira, Toffoli afirmou que o Supremo é um órgão “moderador dos conflitos políticos, sociais e econômicos”. Em seu discurso, o ministro valorizou temas como o diálogo, a ética e a segurança jurídica. Para isso, afirmou, o Judiciário deve ser “socialmente responsável” e agir com “eficiência, transparência e responsabilidade”.

“É dever do Judiciário pacificar os conflitos em tempo socialmente tolerável. Porque o tempo, ‘o tempo não para’, já dizia Cazuza. É a hora e a vez da cultura da pacificação, da harmonização social, do estímulo às soluções consensuais, à mediação e à conciliação. Hora de valorizar entendimento e diálogo, modernização, dinamismo e interatividade”, afirmou.

O presidente

Toffoli, 50 anos, sucede à Cármen Lúcia, que voltará a integrar a Segunda Turma da Corte, responsável pelo julgamento dos processos da Operação Lava Jato. Ele foi nomeado para o STF, em 2009, pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes de chegar ao Supremo, o ministro foi advogado-geral da União e advogado de campanhas eleitorais do P
O ministro é conhecido por evitar polêmicas e por ter um tom pacificador em suas decisões. De acordo com os colegas da Corte, o novo presidente fará um trabalho ligado à gestão administrativa do Judiciário, por meio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão que também comandará.

Print Friendly