MPF denuncia organização criminosa por desvio de R$ 16 milhões da educação em Porto Seguro

3430 views

escolar

O Ministério Público Federal (MPF) em Eunápolis, denunciou 12 pessoas, dentre servidores públicos e empresários de Porto Seguro, por fraude à licitação, falsidade ideológica, organização criminosa e pelo desvio de R$ 16 milhões em recursos destinados ao transporte escolar do município. A denúncia, recebida pela Justiça Federal no último dia 11, é resultado de investigações feitas durante a Operação Gênesis, deflagrada em agosto de 2017 por MPF, Polícia Federal e Controladoria-Geral da União.

Print Friendly