Matrículas por cotas triplicam; brancos continuam maioria entre calouros

3327 views

matriculas

A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira (5), revelou números do ingresso de cotistas no ensino superior. De acordo com o levantamento, as matrículas efetivadas por meio de cotas representavam 1,5% do total em 2009 e passaram a ser 5,2% em 2016. A pesquisa envolve todas as modalidades de cota, raça e renda. Brancos continuam maioria no ingresso ao ensino superior.

Em 2017, 51,5% dos brancos com ensino médio completo analisados na pesquisa foram para o ensino superior. Já entre alunos declarados pretos ou pardos o ingresso neste nível representou 33,4%.

Ainda de acordo com o levantamento, a taxa de ingresso dos estudantes brancos que estudaram na rede pública foi de 42,7%, enquanto a de pretos ou pardos representou 29,1%. O ingresso no ensino superior entre aqueles que estudaram em escola particular é maior nos dois grupos: taxa de 81,9% entre brancos e 71,6% entre pretos ou pardos.

Prouni
A Pesquisa registrou um aumento nas matrículas vinculadas ao Programa Universidade para Todos (ProUni), de subiu 28,1% entre 2009 e 2016. A proporção entre os estudantes no ensino superior passou de 5,7% para 7,3%.

Print Friendly