Dallagnol se nega a ir ao Congresso falar sobre mensagens vazadas

1918 views

Dolanioll

O coordenador da Força-Tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, se negou a ir prestar esclarecimentos os deputados na Câmara de Direitos Humanos e Minorias do Congresso Nacional sobre o vazamento de mensagens entre ele e o então juiz e hoje ministro Sério Moro. A informação foi dada por meio de um comunicado enviado à Casa nesta segunda-feira (8).

As conversas foram divulgadas pelo site The Intercept Brasil e em parceria com outros veículos. O procurador disse no ofício que acredita “ser importante concentrar na esfera técnica” suas manifestações sobre mensagens que ele declarou ser de “origem criminosa”.

A Câmara e o Senado já ouviram o atual Ministro da Justiça, Sério Moro e o jornalista e advogado Glenn Greenwald, um dos fundadores do Intercept.

“Muito embora tenha sincero respeito e profundo apreço pelo papel do Congresso Nacional nos debates de natureza política que realiza e agradeça o convite para neles participar, acredito ser importante concentrar na esfera técnica minhas manifestações de origem criminosa, cuja veracidade e autenticidade não reconhecemos, e que vêm sendo usadas para atacar a Operação Lava Jato”, informou a nota.

Print Friendly