Taxas de juros voltam a cair em julho

169 views

juros

As taxas de juros das operações de crédito para pessoas físicas e jurídicas voltaram a ser reduzidas em julho de 2019, de acordo com a Pesquisa de Juros da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Para o diretor executivo de estudos e pesquisas responsável, Miguel José Ribeiro de Oliveira, esse resultado pode ser atribuído à expectativa existente para a redução da taxa básica de juros, a Selic, o que acabou se concretizando em julho. Oliveira entende que esse cenário de reduções deve se repetir nos próximos meses.

“Um grande ponto é a expectativa de novas reduções da Selic e a melhora do cenário econômico que reduz o menor risco de crédito. Mas é importante estar atento à questão do dólar, a guerra comercial entre EUA X China, o Brexit que podem elevar as taxas nos próximos meses”.

Pessoa Física

Conforme o estudo todas as linhas de crédito pesquisadas – juros de comércio, cartão de crédito, cheque especial, financiamento de automóveis e empréstimos de bancos e financairas – tiveram suas taxas de juros reduzidas no mês.

A taxa média geral para pessoa física apresentou uma redução de 0,04 ponto percentual no mês (0,98 ponto percentual no ano) correspondente a uma redução de 0,60% no mês (0,83% em 12 meses) passando a mesma de 6,71% ao mês (118% ao ano) em junho para 6,67% ao mês (117,02% ao ano) em julho, sendo esta a maior taxa de juros desde fevereiro/2015.

Pessoa Jurídica

Todas as linhas de crédito pesquisadas para pessoa jurídica – capital de giro, desconto de duplicatas e conta garantida – tiveram queda nos juros.

A taxa média geral teve redução de 0,03 ponto percentual no mês (0,52 ponto percentual no ano) correspondente a uma redução de 0,88% no mês (1,06% em 12 meses) passando a mesma de 3,39% ao mês (49,19% ao ano) em junho deste ano para 3,36% ao mês (48,67% ao ano) em julho, sendo esta a menor taxa de juros desde maio/2014.

Print Friendly